fbpx

Os tipos de abóbora e seus benefícios para a nossa saúde

A abóbora é um alimento altamente nutritivo, visto que é rico em vitaminas e minerais, mas pobre em calorias. O fruto pode ser incorporado no cardápio de diversas maneiras, como em sopas, sobremesas e pratos principais.

“Ela pode ser consumida com a casca e até mesmo as sementes têm propriedades nutritivas interessantes para o organismo”, afirma Viviane Neves Marinho, nutricionista da Clínica NutriCilla. Além disso, o legume é fácil de encontrar e seu preço é muito convidativo.

A seguir, saiba mais sobre as propriedades nutricionais, tipos e os benefícios da abóbora:

Propriedades

As abóboras pertencem à família das cucurbitáceas, a mesma de alimentos como a melancia, o melão e o pepino. Muito popular no Brasil, o vegetal vai bem em diversos pratos, doces e salgados, como purê, refogados, sopas, tortas etc.

Entre suas especificidades, trata-se de uma ótima fonte de carboidratos complexos, que promovem saciedade por mais tempo e têm poucas calorias, auxiliando a perda de peso. Além disso, o alimento tem fibras, potássio, zinco, ferro, manganês, cálcio, magnésio, vitamina C e proteínas.

Tipos

Originária da América, a abóbora fez parte da alimentação de muitos povos. No Brasil, há diferentes denominações, como “moranga” na região Sul e “jerimum” na região Nordeste do País. Confira seus tipos:

Tipos de abóboras e seus benefícios

Moranga

Esse tipo de abóbora tem polpa mais macia e sabor delicado. A casca dura serve, ainda, como recipiente para cremes e sopas feitos com o miolo do fruto.

Japonesa ou cabotiá

Essa espécie é híbrida, resultado da união entre as espécies “moranga” e “menina brasileira”. De casca porosa, é ideal para pratos salgados e tem mais fibras que os outros tipos.

Paulista

Comprida, e até mesmo semelhante a uma abobrinha, a abóbora paulista pode ser feita refogada, recheada, em sopas e até doces.

Menina brasileira

“Abóbora de pescoço” ou “menina brasileira”, pode pesar entre 15 e 20 quilos e chegar até 1 metro – por isso é vendida em porções. Tem textura fibrosa e é a mais usada para o preparo de pães, bolos e doces no geral.

Benefícios da abóbora

Para o coração

Os teores de fibra, potássio e vitamina C da abóbora são importantes para a saúde cardíaca, especialmente no que se refere ao tratamento de hipertensão.

O potássio ainda está associado a risco reduzido de acidente vascular cerebral (AVC) e preservação da densidade mineral óssea.

Para diabetes

Esse alimento ainda têm efeito importante na absorção da glicose, o qual ajuda a controlar a diabetes.

Para o intestino

A abóbora contém quantidade elevada de fibras que auxiliam no trânsito intestinal, o que reflete em uma digestão adequada e em menores riscos de câncer colorretal.

Tem ação antioxidante

É riquíssima em carotenoides (pigmentos que proporcionam a cor alaranjada), que são potentes antioxidantes que combatem os radicais livres que oxidam as células e resultam em envelhecimento antes da hora e doenças como aterosclerose, asma e câncer.

Para a imunidade

Ainda pode melhorar o sistema imunológico devido a sua poderosa combinação de vitamina C e beta-caroteno — o qual é convertido em vitamina A.

Engorda ou emagrece?

“A abóbora é rica em fibras e tem poucas calorias. Cada 100 gramas contém apenas 7 g de carboidratos complexos”, aponta Viviane.

A vantagem de ingerir alimentos ricos neste tipo de carboidrato é que eles aumentam pouco e de forma gradual a glicemia do sangue, promovendo, assim, digestão mais lenta e prolongando a sensação de saciedade”, afirma a especialista.

Já as fibras auxiliam o bom funcionamento do intestino e, dessa forma, contribuem para um metabolismo mais acelerado.

“Desta forma, a abóbora pode auxiliar no emagrecimento, mas isso vai depender da maneira e quantidade consumidas e de outros hábitos da rotina, como demais alimentos ingeridos e a prática de exercícios físicos”, ressalta a especialista.

Assim, vale consultar um nutricionista para saber qual é o modo de preparo e a quantidade mais indicada para cada pessoa.

Benefícios da semente de abóbora
A semente de abóbora se trata de um snack que contém zinco, manganês, potássio e ferro,

além de ser rico em proteína.


Imagem relacionada

 

Para os músculos

Essa semente é rica em magnésio, mineral fundamental para a contração e o relaxamento dos músculos.

Melhora o humor

Ricas em triptofano, as sementes ajudam na modulação de hormônios do bem-estar no cérebro, o que reflete na melhora do humor.

Faz mal?

O consumo excessivo de alimentos ricos em carotenóides, caso da abóbora, pode causar carotenemia, que é o excesso desses componentes no sangue, o qual pode até mesmo pigmentar a palma da mão.

Porém, a condição não causa danos à saúde e pode ser revertida pela diminuição da ingestão de tais alimentos.

Quem não deve comer?

O legume pode ser consumido por todas as pessoas, inclusive diabéticos, já que seu teor de componente energético não causa picos de insulina no organismo.

Como fazer e consumir?

A abóbora pode ser consumida com a casca e é frequentemente preparada refogada ou assada. Já as sementes geralmente são ingeridas torradas.

Gostou das informações? Compartilhe o conhecimento e curta nossa página no facebook!

Fonte da matéria: site ativosaude.com 

Quer enviar sua receita ou dica pra gente?

Envia pra gente sua receita ou dica. Vamos publicar e dar o crédito para você em nosso site e rede social.